The Truth's For Sale

Numenera – PãnPãNãNãNãããnnnn…(ou, A Cavalgada das Valquírias)

Posted in Numenera, RPG by Carlos Hentges on 16/03/2015

Numenera – The Wonder Weird

Capítulo 5 – PãnPãNãNãNãããnnnn…(ou, A Cavalgada das Valquírias)

Verdade seja dita, nem Zippack Ranzz e nem Stephen Dedalus sabiam ao certo como tirar do raster sacrificado os órgãos biomecânicos necessários à reenergização do Fus-K. Por isso, daremos mais tempo aos dois enquanto revemos episódios anteriores, inclusive apresentando o jovem freelancer Dedalus adequadamente e descobrindo o que aconteceu com Mark e Cid, nossos protagonistas originais.

****

Stephen Dedalus vinha de Ishlav a mando de Pais Pretéritos. Estranhos fenômenos recentes no firmamento capturaram sua atenção, levando-o a convencer seus patrocinadores recorrentes de que havia algo que aprender com aquilo. Supunha que seria necessário chegar ao Império de Pytharon, passando pelas terras do Lorde Wernard Streck e pela vila de Itzen, para melhor observar a curiosa movimentação de algumas das luzes do céu noturno. Contudo, havia em seu caminho um soldado de nome Elandra.

****

Mark precisou de toda uma manhã de descanso antes de sentir-se parcialmente refeito dos acontecimentos no subterrâneo de Itzen, e além dele. Finalmente pôde observar a tropa baseada ali: uma dúzia de homens, displicentes e mais interessados em saquear o que restou da vila do que erguer algum tipo organizado de defesa.

Foi no início da tarde que uma patrulha chegou com um prisioneiro. Era Lipke, o traidor. Havia sido maltratado, e desesperava-se feito um homem prestes à condenação. Mark interferiu antes que o rapaz fosse atirado na cratera aberta pela esfera. Sem Kellown por perto, a certificar-se da ausência de chirogs no subterrâneo, os soldados revelaram-se selvagens, e voltaram seu desejo de punição em direção a Mark. Defendendo-se da melhor maneira possível, ao menos evitou a execução de Lipke.

(more…)

Anúncios

Numenera – Breve Interlúdio na Superfície

Posted in Numenera, RPG by Carlos Hentges on 09/03/2015

Numenera – The Wonder Weird

Capítulo 4 – Breve Interlúdio na Superfície

Mark e Cid viram o vórtice atrás deles se fechar e, com isso, cortar toda a energia da estrutura subterrânea. Ali, apenas os estalidos de caudas e garras de chirogs os guiava. As criaturas podiam ver na completa escuridão, mas ignoraram os recém-chegados. Venceram a barricada improvisada e alcançaram a esfera, cujo brilho evanescente atraiu meia dúzia deles, arranhando a superfície polida e impenetrável. Com as trevas atingindo também ela, os chirogs pareceram perder o interesse e simplesmente retornaram para o local de onde vieram.

Exaustos e feridos, com as cordas que os levaram até o subterrâneo comprometidas, Mark e Cid tombaram à espera de algo que mudasse sua sorte.

****

A voz familiar de Rugglet despertou Cid. O sol entrava pela fissura no alto do domo e fazia brilhar as lascas das armaduras que ele e Mark utilizaram, desfeitas durante o sono. Um complexo conjunto de cordas trouxe o carroceiro de Itzen até ali, e ele os elevaria até a superfície sem problemas.

No que restou de Itzen, um acampamento militar começava a se formar. Cerca de trinta soldados, alguns cavalgando brehms escamosos, outros conduzindo pesados dossis de chifres circulares, organizavam mantimentos para o destacamento que se estabeleceria provisoriamente ali. Seriam liderados por um Kellown à espera de nova investida de tropas do Império de Pytharon. A maioria dos moradores que restava, contudo, estaria sob a liderança severa de Elandra, capitã da milícia, a caminho da propriedade de Lorde Wernard Streck.

Ante a possibilidade de um confronto, Mark decidiu permanecer. Cid, que parecia ser mais capaz de explicar o que ambos encontraram no subterrâneo, recebeu um convite sem possibilidade de recusa: acompanharia Elandra e se reportaria ao Lorde. Antes de partir, ouviu de Mark a mais improvável das recomendações, que fosse claro e não os assustasse.

(more…)