The Truth's For Sale

Changeling: The Lost – Motivos singelos

Posted in RPG, World of Darkness by Carlos Hentges on 19/04/2012

Sétimo Capítulo da Alienação.

Eleuthério está na sala de espera de um consultório. Pacientes de olhares perdidos usam gesso e têm sinais de lacerações. A luz oscila constantemente. Toda vez que isso acontece, as cadeiras são ocupadas por novas pessoas.

– Esperávamos pelo senhor.

O médico o conduz até um ambiente do qual, através do vidro, pode-se ver a sala cirúrgica contígua. Uma equipe de três médicos dá início aos procedimentos. No abdome dilatado do paciente é feito um corte de vinte centímetros. Eletrodos são posicionados em suas têmporas. Por um instante, Eleuthério pode ver as feições de Claudio. Então, a luz oscila e tudo é escuridão.

Um dos médicos tem o recém-nascido nos braços e um sorriso nos olhos. Leva-o até próximo do vidro. Sobre a mesa de aço inoxidável, o corpo de Claudio é coberto por uma mortalha.

A criança é então oferecida a alguém que aguarda na escuridão, além do que as luzes da sala cirúrgica permitem ver.

—-

Estrela está parada diante de Eleuthério. Tem meia dúzia de frutos verde-alaranjados nas mãos.

– Me desculpe, eu apaguei por um instante.
– Sonhou?
– Sim. Foi estranho.
– Sempre é esquisito. Ainda mais quando é aqui.
– Tinha a ver com meu filho.
– Vamos em frente. Come um desses, vão te fazer bem. O despertador parou de tocar já tem um tempo.
– Tu disse que foi algo que…
– Sim, eu coloquei no menino, no apartamento. Não quando te encontrei. Da outra vez. Pra me avisar. A gente não sabe o que abriu a passagem no Banhado. E ele podia passar por acidente pro lado de cá.

(more…)

Anúncios

Promethean: The Created – Transmutations

Posted in RPG, World of Darkness by Carlos Hentges on 12/04/2012

Lista altamente simplificada dos principais poderes dos Promethean.

Alchemicus, das substâncias materiais.

* – Aperfeiçoa a forma física de objetos – Sem rolagem
* – Revela os componentes de objetos – Inteligência + Ofícios
** – Enfraquece objetos – Sem rolagem
** – Fortalece objetos – Sem rolagem
*** – Dissolve ao toque – Sem rolagem
*** – Transforma um objeto em outro – Azoth + Ciência
**** – Deforma e remodela objetos – Azoth + Ofícios
**** – Faz perdurar os efeitos de Alchemicus – Sem rolagem
***** – Faz da carne do alvo pedra – Inteligência + Ofícios – Vigor
***** – Controla a carne morta – Azoth + Ocultismo

(more…)

RPG como causa e o pé no saco alheio

Posted in RPG, Teoria do RPG by Carlos Hentges on 10/04/2012

Alguém lembra quando Cisne Negro se tornou objeto de discussão entre o grande público? Claro, a presença de uma estrela como protagonista mais a indicação ao Oscar foi o que bastou para o tema chegar ao cotidiano das pessoas. O interesse súbito encaminhou a imprensa na direção de bailarinos e profissionais da dança. Em grande maioria, eles concordavam que aquela era uma representação pouco fidedigna do cotidiano de uma bailarina e era ainda pior no que diz respeito à execução de O Lago dos Cisnes.

Você já viu no cinema ou na televisão a representação de algo que conhece em primeira mão? Não fica sempre a sensação de que aquilo está mal explicado, mal arranjado, mal compreendido e muito esquisito? Isso é perfeitamente natural. Afinal, são adereços utilizados pelo combo diretor+roteirista para contar uma história. Ninguém a não ser alguém muito chato fica se perguntando quanto custa o tratamento que os médicos de House realizam em cada um de seus pacientes ao longo de quarenta e tantos minutos de tentativa e erro. O número só teria relevância se o tivesse para a história sendo contada.

Então, por que, por tudo o que é mais sagrado, os jogadores de RPG estão enchendo tanto o saco por conta da representação do hobby na novela Rebelde, da Record?

(more…)

GURPS Viagem Espacial

Posted in GURPS, RPG by Carlos Hentges on 10/04/2012

Como esse título a Devir publicou, em 1998, um suplemento para a terceira edição de GURPS que oferecia toneladas de sugestões e regras para a criação de cenários “no mundo do amanhã”.

Fã de Cyberpunk, e ansioso por incrementar minhas ideias, comprei o livro de cara. Escrevi um cenário que nunca foi testado em mesa e publico pela primeira vez. Jamais foi revisado. Sua produção se deu em uma época em que a Internet ainda não existia para mim.

Basta clicar aqui (10mb em .PDF).