The Truth's For Sale

Blood Street Blues

Se existe uma campanha da qual me orgulho, é Blood Street Blues. Apesar de ter restrições ao Interlock, sistema de regras usado no CyberPunk 2.0.2.0., sou fã do cenário. Ele exigiu muitas adaptações, e parte da ambientação, escrita no início dos anos 90, está datada, especialmente em relação aos desdobramentos da tecnologia. Quero dizer, as pessoas têm implantes cibernéticos, mas ainda precisam de um cabo para se logar à Internet. E, mesmo assim, não existe espaço melhor para contar uma história de corrupção, violência e ambigüidade moral, como eu pretendia. A tecnologia, aliás, é secundária. Suas conseqüências são mais importantes que seus benefícios.

Narrador: Carlos Hentges
Jogador: Peter Petrelli – Filipe Brunetto
Jogador: Danny ‘El Brujo’ Trejo – Carlos Alexandre “Gói” Fedrigo

Capítulo 01Uma Noite Sobre a Terra
Capítulo 02Sinais da Tormenta
Capítulo 03Coisas Belas e Sujas
Capítulo 04A Tênue Fronteira
Capítulo 05Ponto Culminante
Capítulo 06A Primeira Fagulha
Capítulo 07Expiação
Capítulo 08Senda de Sangue
Capítulo 09Atos de Vingança
Capítulo 10Dobram os Sinos
Capítulo 11A Diplomacia Beligerante
Capítulo 12War, War, Total War
Capítulo 13All Hell Broke Loose
Capítulo 14Le Coup de Grâce
Capítulo 15O Fim

Finalizada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: