The Truth's For Sale

Plots Prosaicos – Novembers Doom – Silent Tomorrow

Posted in Ideias Estranhas, Música, RPG by Carlos Hentges on 21/09/2009

Uma criatura sobrenatural cansada de sua existência prolongada pode ser uma ameaça terrível. Do que seria capaz uma entidade que já contemplou todas as facetas da existência para angariar um pouco de satisfação? Até onde pode ir a crueldade de algo/alguém para quem o valor da vida humana há muito deixou de ter qualquer significado? Quem sabe essa entidade resolva assumir uma condição semelhante ao divino, concedendo dádivas e cobrando veneração. Talvez, se entregue a um festim de atrocidades sem paralelo. Se tiver poder o bastante, talvez torne todos os moradores de um prédio seus títeres. Quem sabe de um bairro inteiro. Ou uma pequena cidade. Pior! Como Drácula, ele pode perceber em um dos personagens a essência do antigo amor capaz de lhe devolver um fragmento de humanidade…

Eternity – A gift I no longer want.
Forever – I can’t go on with these endless nights.
My sanity has been stripped away.
Everything is beauty, and I have no love to share.
Silent tomorrow, I want to live my life once more.
Visions of grandeur, I want to taste the void extreme.
Each time I close my eyes, I only wish for my end to come.

Anúncios