The Truth's For Sale

Mago: A Cruzada dos Feiticeiros – O Colar de Inês – Parte I

Posted in RPG, World of Darkness by Carlos Hentges on 31/10/2017

Nuno Monteiro cresceu numa numerosa família de comerciantes de modesta prosperidade. O destino, contudo, foi generoso ao fazer com que caísse nas graças de um casal de nobres especialmente ciosos da própria história. Facultaram-lhe acesso à biblioteca da família e lhe incumbiram de preservar aquilo tudo, completando lacunas e preenchendo tomos com o passado da nobiliarquia portuguesa, seus arranjos e tramoias.

Não lhe faziam segredos, seus patronos, um casal licencioso que parecia ter certo prazer em minutar depravações de corar as faces. Criado na fé e castiço, Nuno era objeto de interesse e diversão curiosa dos Álvares Pimentel, àquela altura, seus anfitriões.

Confessor de ouvidos moucos e escriba guardador de segredos, Nuno devia ao nanquim o status adquirido naquela residência. Foi através dele que Despertou, numa noite em que acreditou estar sonhando ao ver todo o conhecimento da biblioteca escorrendo dos livros em direção a uma entidade mais negra do que qualquer uma de suas tintas.

Já em Coimbra, tutelado por Cícero, Nuno Monteiro teve seu apetite pelo saber bem aceito entre os Solificati. Àquela época, ainda lhe escapava tudo que não fosse um mero vislumbre do mundo ao qual era não mais do que um recém-chegado.

Em companhia de dois outros Despertos, dirigir-se-ia à Quinta dos Amores para tomar parte nos trágicos acontecimentos envolvendo o jovem D. Pedro I e sua paixão proibida, Inês de Castro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: