The Truth's For Sale

Por uma dose de Soma

Posted in Literatura by Carlos Hentges on 10/08/2011

Um pouco a respeito de Soma, a maravilhosa droga, ou não, presente no romance Admirável Mundo Novo.

“All the advantages of Christianity and alcohol; none of their defects.”

“..there is always soma, delicious soma, half a gramme for a half-holiday, a gramme for a week-end, two grammes for a trip to the gorgeous East, three for a dark eternity on the moon…”

“By this time the soma had begun to work. Eyes shone, cheeks were flushed, the inner light of universal benevolence broke out on every face in happy, friendly smiles.”

“A gramme is better than a damn,” said Lenina mechanically from behind her hands. ‘I wish I had my soma!'”

“It was after midnight when the last of the helicopters took its flight. Stupefied by soma, and exhausted by a long-drawn frenzy of sensuality, the Savage lay sleeping in the heather. The sun was already high when he awoke. He lay for a moment, blinking in owlish incomprehension at the light; then suddenly remembered-everything. Oh, my God, my God! He covered his eyes with his hand.”

”Hug me till you drug me, honey;
Kiss me till I’m in a coma;
Hug me, honey, snuggly bunny;
Love’s as good as soma.”

Anúncios

7 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. R.G. Caetano said, on 10/08/2011 at 18:30

    Inspiração para a nova crônica e/ou para o conceito do personagem Claudio?

  2. Carlos Hentges said, on 10/08/2011 at 19:26

    Me deparei com trechos de Admirável Mundo Novo hoje. Não pude deixar de registrar a coincidência, considerando algumas das minhas ideias para a crônica de Changeling: The Lost. Mas, mesmo que não fosse o caso, valeria o registro pela enorme importância do livro.

  3. L. Maroni said, on 10/08/2011 at 20:24

    Livro “ruuuuuim”

  4. L. Maroni said, on 11/08/2011 at 02:29

    Em contato com o Gói* esta semana falava sobre a grandeza de ambos livros e a vantagem do Brave por seu foco cientifico, claro, por seus 20 anos de vida até o 1984 ser parido. Distopia…oh talvez distopia.

    *Esta lendo 1984,

  5. Carlos Hentges said, on 11/08/2011 at 08:36

    Eu prefiro 1984 a Admirável Mundo Novo. Os dois, junto com Laranja Mecânica e Farenheit 451, são leituras obrigatórias e complementares.

  6. L. Maroni said, on 13/08/2011 at 16:00

    Sofro da síndrome do primeiro lido. Brave New World


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: