The Truth's For Sale

Interlúdio – Outras Vidas

Posted in RPG by Carlos Hentges on 14/04/2010

Hunter: The Vigil – Os Espaços Vazios

Interlúdio – Outras Vidas

Naquela noite eles ainda reuniram sangue frio (ou seria frieza?) o bastante para retornar à propriedade de Clinton Weiss, atravessar a residência destruída e levar consigo o hard disk e os papéis que poderiam comprovar sua presença no local. Gladys Weiss era apenas uma lembrança sob escombros.

O destino seguinte foi um dos inúmeros hospitais da Filadélfia. A história do ataque de um cão justificaria os ferimentos de Kroll. Talvez um enfermeiro ficasse intrigado pelo estilhaço de vidro encontrado ali, mas certamente não iria além.

São quatro dias até Kroll recuperar-se completamente. Os jornais, ao longo desse período, mencionam a trágica explosão que vitimou Gladys Weiss. No local teria sido encontrada pelo menos uma centena de cadáveres em diversos estados de mutilação. A polícia segue investigações a respeito do ocorrido e do paradeiro de Clinton Weiss.

Além da temporada hospitalizado, Kroll ainda teria um revés adicional. Seus empregadores acharam por bem, tendo em vista episódios de destempero e constantes ausências por motivos pessoais, demiti-lo. Ao sair, teria um objetivo bastante mundano em vista: encontrar trabalho.

Cutler gastou seus dias com a burocracia que envolve tomar posse de uma residência. O papel assinado por Jebediah Stone tem valor legal, e em alguns dias ele será o novo proprietário. Bem como de tudo que ela contém. Em paralelo, voltou a administrar o antiquário, tarefa que vinha sendo relegada às traças que lá habitam.

Então, Kroll e Cutler se debruçaram sobre o conteúdo resgatado da residência de Clinton Weiss. O estilo claudicante revela os sonhos a respeito do pântano que o assaltavam. Das coisas que havia lá e como ele mesmo poderia fazê-las. Trata de suas primeiras experiências, os fracassos. O material ainda explica como ele fazia, sem ajuda alguma, cada um dos bonecos usando basicamente ossos e a vegetação do pântano. Como lhes conferia função por meio de trajes ou aparência, e como lidava com o fato de serem invisíveis quando em minoria em um ambiente ou até agirem diretamente contra alguém.

Clinton aborda seus maiores sucessos: O Professor, a máscara que permitia que ele visse os bonecos quando estavam ocultos e os controlasse facilmente; Clark, feito para que a mãe tivesse um companheiro após o falecimento do marido; e o Prefeito, o único boneco com um traço de personalidade própria.

Os bonecos, segundo alguns trechos, poderiam ser vestidos como roupas, o que fazia com que o usuário adquirisse todas as suas características.

Por fim, existem relatos a respeito da vida idílica que Clinton levava em companhia dos bonecos, construindo cenários fantasiosos em que era o cavaleiro, soldado ou rei que combatia monstruosidades.

Anúncios

11 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. L. Maroni said, on 14/04/2010 at 17:46

    Kroll agora pode fazer parte do meu projeto de colocar as peças do antiquário em um ambiente virtual possibilitando leilões e vendas diretas.

  2. L. Maroni said, on 14/04/2010 at 17:49

    E aconselho ele a abrir um processo contra sua antiga empresa já que ele apresenta problemas psicológicos desde a morte de seu superior. Problemas esses que não foram levados em considerado pela empresa no momento da demissão.

  3. Carlos Hentges said, on 14/04/2010 at 17:59

    De modo algum tu vai conseguir transformar essa história em uma espécie de Law and Order, porra!

  4. L. Maroni said, on 14/04/2010 at 19:04

    LAW AND ORDER P.O.R.R.A. seria uma boa definição da série.

  5. L. Maroni said, on 14/04/2010 at 21:53

    a série seria ambientada na Cidade de Deus obviamente.

  6. Rafael G.C said, on 16/04/2010 at 20:10

    Os personagens estão se tornando verdadeiros caçadores de monstros. Aprenderam até uma das principais regras: O fogo destrói tudo! Huahua.

    O que lhes espera, depois de bonecos assassinos?! O mestre ainda tem vários capítulos do livro Antagonistas, huahua.

  7. Rafael G.C said, on 16/04/2010 at 20:11

    …e do livro Lugares Misteriosos.

  8. Carlos Hentges said, on 16/04/2010 at 20:39

    Eu tenho que fazer valer o meu dinheiro. Mas do Lugares Misteriosos já foram os meus favoritos. Do Antagonistas tenho passado os olhos sobre algumas páginas…

  9. Rafael G.C said, on 17/04/2010 at 01:07

    Boa leitura. Enquanto isso, estou recapitulando os últimos textos. Sempre se percebe novos detalhes quando se lê algo mais de uma vez.

    Pergunta: Falando sério…Os jogadores já pensaram na possibilidade de formarem um grupo de caçadores sólido?

    Contato com o sobrenatural eles já tiveram…Dinheiro, refúgio, fonte de informações, curiosidade, motivações, eles possuem…só falta mais alguns membros para formar uma célula numericamente mais preparada.

  10. Carlos Hentges said, on 17/04/2010 at 11:31

    A minha idéia é ir apresentando o cenário e suas complicações para em seguida deixar que os personagens tomem as suas decisões sem forçar a barra. Pelo que eu percebo do seu modo de agir, eles se consideram mais um grupo de amaldiçoados que virou esquinas erradas e se deparou com coisas terríveis do que um bando com o propósito algo glorioso de debelar o sobrenatural.

    Como você mencionou, ao longo de onze capítulos eles reuníram recursos e condições para se considerarem caçadores. Vamos ver qual será o estalo definitivo para isso no jogo. A demissão do personagem John Kroll, por exemplo, tem papel nessa transição. O próximo arco de histórias vai tratar dos Pactos, que são organizações de caçadores, e as primeiras interações dos personagens com elas.

    Você, que acompanha esse blog com tanto interesse, não tem um?

  11. Rafael G.C said, on 17/04/2010 at 13:37

    Entendi seu ponto de vista.

    Estou ansioso pelos próximos capítulos, para ver as relações dos personagens com os pactos! E a reação de Kroll à demissão!

    Um o quê…Um Pacto?! Huahua. Não, hehe.

    Sou apenas um fã da série Supernatural e entusiasta de RPGs de Caçadores/Investigadores do Sobrenatural (Hunter: The Vigil, Hunter: The Reckoning, Os Caçadores Caçados, Esoterrorists, Supernatural RPG, Call of Cthulhu,etc).


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: