The Truth's For Sale

Anotações – Saldo

Posted in RPG, World of Darkness by Carlos Hentges on 22/12/2009

– Que merda você tá fazendo aqui embaixo?

– Te procurando. Estou com a sua grana.

– Me procurando? No porão? Vai se foder!

– Fica frio, Jamal. Tá aqui… A grana que te devia.

– Tá faltando cem paus aqui.

– O quê?

– Tu é surdo, panaca? Aqui tem trezentos. Cadê os outros cem?

– Mas trezentos foi o combinado.

– Tu tá de sacanagem, negão? Isso foi há dez dias.

– Eu não sabia…

– Tu não sabia porque tu é burro pra caralho!

– (…)

– Acha que vou deixar um filho da puta como tu chegar aqui, cheirá o meu bagulho e sair numa boa, me devendo cem paus?

– Me dá mais uns dias. Eu arranjo a grana.

– O caralho que arranja! Aqui, ó.

– Não precisa da arma, Jamal.

– Precisa sim, seu pedacinho de merda. Aposto que já tá se cagando todo.

– Eu vou arranjar a grana. Esfria, irmão.

– Tu é que vai esfriar, seu puto.

O golpe com a coronha da pistola produz um som seco. Sangue escorre em profusão. Cego e coberto pela sujeira do porão, ele agita os braços para defender-se. Que coisinha mais patética.

– Agora tu desenha, idiota?

– O quê?

– Essas folhas, no teu bolso…

– Não são minhas. Eu achei.

– Achou é? Roubou… Roubou desenho de criança… É isso aí… Como quer me roubá, seu puto!

Uma, duas, três… Quantas coronhadas são necessárias até alguém parar de se mexer? Até que contá-las perca o sentido?

– Merdinha de cabeça dura! Não vai estragar o meu ferro.

Com um tijolo que a parede poeirenta e mofada soltou, Jamal O’Neal termina de saldar a dívida.

Uma pequena história não contada, parte da crônica Os Espaços Vazios.

Anúncios

6 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. R.G. Caetano said, on 22/12/2009 at 21:44

    Pessoal, o que aprendemos sobre esse singelo diálogo:
    1º- Nunca negocie com traficantes;
    2º- Não use drogas;
    3º- Resolva suas pendências e compromissos antecipadamente ou nos dias marcados;
    4º- Coronhadas machucam bastante;
    5º- Nunca roube ou pegue os desenhos de uma criança!

  2. Carlos Hentges said, on 23/12/2009 at 08:22

    Ah, excelente!

    Ainda que, nesse contexto, pegar os desenhos de uma criança deveria ocupar o primeiro lugar da lista.

  3. Alanuska said, on 16/08/2010 at 17:33

    Eu também acho que pegar desenhos de crianças deveria encabeçar a lista!

  4. EchoDCCXII said, on 22/11/2010 at 23:39

    Curti a mini-história dentro do capítulo 1 da crônica. Bem bolado, quero dizer, quando eu segui o link, achei que ia ver o desenho do corpo do homem negro morto, e não um “flashback” mostrando como ele morreu. Curti mesmo.

  5. Carlos Hentges said, on 23/11/2010 at 07:28

    Escrevi esses textos em um período de baixa do trabalho. Queria ter feito mais, mas faltou tempo.

  6. Grayson said, on 13/06/2012 at 13:26

    CARACA… realmente aconteceu a mesma coisa comigo como aconteceu com o EchoDCCXII rsrsrs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: