The Truth's For Sale

Anotações – Vernissage

Posted in RPG, World of Darkness by Carlos Hentges on 18/12/2009

K – Você sabe que isso não vai acontecer.

T – Me perdoe por insistir. Você não faria diferente.

K – Apenas acha que me conhece, Thomas.

T – Eu sei tudo sobre a sua obra. E quando fala dela, falamos de você.

K – Não tem nada de bom para se saber sobre os meus quadros.

T – Seus outros admiradores, da mesma forma que eu, discordariam.

K – Você tem ciúmes deles!

T – Jamais. Da mesma forma que você não se enciúma de Phill.

K – Ele é um idiota…

T – Percebeu como facilito as coisas? O homem da minha vida é um idiota que não a ameaça.

K – Volte para o seu idiota e me deixe em paz.

T – Não!

K – Que diabos você quer?

T – Sei tudo sobre você, menos o gosto que tem.

K – Eu tenho gosto de sangue. E de tinta escura.

T – Não seja tola, Krista. Está deixando que a personagem que criou torne-se você.

Thomas se aproxima. Krista deixa-se beijar. Distraído pela pequena vitória, com todos os sentidos embotados por aquela única e tão desejada sensação, ele não percebe o movimento.

A ponta aguda do pincel perfura a carne de Thomas até encontrar um osso.

K – Aí está, Thomas. A definitiva amostra da minha arte. Sangue e dor. Como você nunca sentiu.

Uma pequena história não contada, parte da crônica Os Espaços Vazios.

Anúncios

7 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Gosio said, on 18/12/2009 at 16:14

    Puta traiçoeira.
    Devia ter tentado espetar a mim enquanto socava a cara dela. Com gosto!

  2. Carlos Hentges said, on 18/12/2009 at 16:25

    Ahahahah…. Eu bem que pensei em dar uma arma para ela na cena final. Mas ia facilitar as coisas para vocês. Se ela tivesse uma arma, vocês teriam uma desculpa para dar cabo dela.

    Sem isso, as únicas justificativas possíveis são o descontrole, a covardia ou o desespero.

  3. R.G. Caetano said, on 18/12/2009 at 23:53

    Interessante e visceral essa anotação.
    Mas fiquei com uma pequena dúvida, no diálogo há dois personagens discutindo entre si: Thomas (T) e Krista (K). Mas há um trecho estranho:

    ”T (Thomas) – Percebeu como facilito as coisas? O HOMEM da minha vida é um idiota que não a ameaça.”.

    Sem mais delongas, a questão é: ou o personagem Thomas seria homosexual, ou foi um erro de digitação ou o dito Thomas seria uma personagem feminina com nome masculino/pseudônimo?

  4. Carlos Hentges said, on 19/12/2009 at 09:23

    Thomas é gay. Essa decisão visou dar caráter ainda mais obsessivo ao seu interesse por Krista.

  5. R.G. Caetano said, on 19/12/2009 at 15:13

    Instigante.

  6. Carlos Hentges said, on 19/12/2009 at 20:59

    Valeu!

    Espero que siga lendo e, se possível, comentando. As sessões devem voltar a ocorrer a partir da segunda semana de janeiro.

  7. R.G. Caetano said, on 20/12/2009 at 14:25

    Eu que agradeço pela ótima qualidade do site. Para falar a verdade, é um dos poucos sites de rpg que eu acompanho regularmente, e pode acreditar que continuarei acessando-o/comentando-o sempre quando possível.
    Boa sorte na volta aos jogos. Abraço.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: