The Truth's For Sale

Uma Empreitada Bucaneira – Aventura 2: O Entrelace

Posted in GURPS, O Jogador, RPG by Carlos Hentges on 30/04/2009

Aventura 2 – O Entrelace

Capítulo 1: Carne aos Porcos: “Você não me viu esta noite, Tobias. Lembre-se de esquecer disso!”

Tobias acorda Walker no badalar dos sinos da meia-noite e o chama para irem até a prisão, já que o alvoroço causado na casa da duquesa desviou todos os guardas do local. Chegando no posto de vigia, percebem dois guardas em animado jogo de cartas. Após um complicadíssimo entrave com o guarda que tentava tocar o alarme, Walker consegue se livrar dele, com ajuda de Tobias.

Assim que adentram na cadeia, Tobias começa conversar com alguns dos prisioneiros, fazendo tratos e exigindo quantias para soltá-los. O leilão pela liberdade está aberto! Enquanto isso, um homem que se identifica como Capitão Jack Sparrow chama Walker para próximo de sua cela, onde está sozinho:

“- Walker? É tu homem! Até que enfim algum rosto conhecido… Vamos, tire-me daqui! Ele está vindo, e se não estou enganado será hoje à noite… Quem? Von Nietzsche, seu tolo! Ou acha que ele deixaria um rato abrir a boca sobre seus planos? Ou virá resgatá-lo, ou matá-lo. Eu particularmente ficaria com a segunda opção, mas…”

Quando chegam a um acordo, com Sparrow confessando que sabe que o tesouro que Walker achou é de Von Nietzsche, uma nova saída é aberta para a cadeia…

Capítulo 2: Um Estranho Despertar: “Ahá! Mais baleias no meu barco!”

Thorne está dormindo no barco depois de uma proveitosa e apetitosa noite de trabalho e fartura numa mansão onde ricos se abastaram e deixaram muitas sobras aos corvos. Jones já se apegou muito a ele, e está dormindo na cama próxima. No meio da madrugada ele se acorda com um estranho barulho no casco do navio: parece estar subindo do mar até o convés. Quando está prestando atenção, uma espécie de picareta fura uma parte mais frágil do barco e entra para o quarto! O King Edward está sendo invadido, e o Capitão precisa ser avisado e protegido! Empalando dois piratas que encontrou pelo corredor, chega até o gabinete do Capitão Smith, de quem recebe ordens para ir até o convés e tirar o barco dali.

Ao chegar ao convés, Thorne avista um pirata chegando sorrateiramente atrás de um dos soldados que guardam a cadeia do navio. Mais uma vítima desse humilde pescador, que cada vez mais troca o alvo de seu arpão. Entre a batalha e as ordens para os guardas, um estrondo é ouvido, e só então a presença ameaçadora de um outro navio é percebida, O Esmagador abre fogo contra a prisão da cidade.

Capítulo 3: Da Latrina Sai o Pior: “Quer limpar o caminho, Jack?”

Enquanto Thorne trava uma dura batalha no convés do navio, os canhões de frente do navio de Von Nietzsche disparam e acertam o gabinete do capitão. Thorne corre para lá, e vê que ele está ferido. Sem se preocupar com sua vida, mas colocando o dever acima de tudo, lhe passa uma tarefa importante: a carta de prisão, assinada pelo Rei, para vários piratas, entre eles Jack Sparrow.

Walker e Sparrow caem no mar, saindo da latrina da prisão. Por sorte, nenhuma pedra ou coral os esperava sob o mar. Após nadar algumas braçadas, acabam chegando ao navio. Retornam ao convés e Sparrow já dá ordens. Quando a situação parece estar sob controle, o barco de Von Nietzsche está manobrando para abordá-los. Seguindo o comando do novo capitão, resolvem zarpar. Entre a tripulação agora há piratas, guardas resignados, os antigos e novos marujos que Jones conseguiu juntar no porto de Petit-Goave.

Capítulo 4: Novo Capitão, Novo Rumo, Novos Espólios: “Eu tenho um navio Tobias, e tu?”

Decidido a abandonar a tripulação assim que pararem na próxima cidade, Thorne está abalado pela perda do bom Capitão Smith. Jones fica com um pouco de medo, pois todos aqueles homens maus que estavam na prisão estão soltos. Ajudando com o barco avariado, mas soltos. Após uma breve conversa com o novo capitão, Jack Sparrow, Thorne anuncia que irá ficar em terra, com Jones. Sem sucesso, Walker não consegue convencê-lo, e então, Sparrow usa de suas artimanhas em uma conversa sobre uma maldição dos mares, sobre um medalhão maldito que parece estar sobre cuidados de Thorne.

Antes da parada em Tortuga, uma mulher é descoberta no navio. Ela se refugiou durante o ataque ao porto de Petit-Goave. Seu nome é Eleonora e depois de mantê-la algumas horas escondida, Thorne decide anunciá-la ao Capitão. Ele convoca os homens e exige educação para com a dama. Da parte dela, diz que pode ser útil, pois sabe limpar, cuidar de feridos e cozinhar.

Capítulo 5: Um Intervalo em Tortuga: “Thorne, lá é como ontem à noite o tempo todo?”

Jack Sparrow diz que precisa parar em Tortuga para acertar alguns negócios e buscar provisões. Ele pede a Thorne que se encarregue da segunda parte. Para variar, Walker vai para a taverna e arranja briga. E para manter a regularidade, continua não conseguindo se salvar sozinho. Após esse pequeno incidente, se aprontam para sair, e Sparrow dá como destino a Ilha de Sartosa, refúgio de Von Nietzsche, e sugere um saque a todas suas riquezas e provisões.

Após os recentes episódios, um curioso e interessante entrelace é estabelecido: Johnny Walker sabe sobre o curioso baú de Thorne e libertou Jack. Herman Thorne possui algo em seu poder que vale muito para as autoridades, com o nome dos dois notórios companheiros. E por fim, Jack Sparrow tem uma dívida de gratidão com Walker e sabe como livrar Thorne da tenebrosa maldição…

Uma Empreitada Bucaneira foi uma campanha de dezessete sessões que viajou pelos mares do Caribe utilizando o sistema de navegação GURPS.
Narração e Texto: Carlos Alexandre “Gói” Fedrigo
Herman Thorne: Carlos Hentges
Johnny Walker: Filipe Brunetto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: