The Truth's For Sale

Fahrenheit 451

Posted in Jornalismo, Literatura by Carlos Hentges on 26/02/2009

Fahrenheit 451 foi escrito por Ray Bradbury e publicado originalmente em 1953. A obra trata da disposição da sociedade para eliminar os livros e seus efeitos sobre os cidadãos. Trata-se de uma distopia. A obra é complexa demais para o breve comentário que pretendo fazer aqui. Interessa, no momento, uma passagem a respeito da decadência social no ambiente fictício proposto pelo autor.

Em uma das passagens, o Capitão Beatty explica a Montag, o protagonista, que o lento e inexorável rebaixamento da literatura se deu para que as letras deixassem de ofender as pessoas. Uma obra era proibida para não atacar os homossexuais. Outra, por defender o ponto de vista dos heterossexuais. Uma terceira, porque ofendia determinada religião ou credo. E assim por diante, até sua total supressão.

Por que disso tudo? Porque hoje li isso, e me chamou atenção como previsões feitas há mais de cinqüenta anos podem concretizar-se se não dermos atenção aos indícios de seu avanço.

World of Darkness – Mulher é morta a marretadas na frente dos filhos

Posted in Ideias Estranhas, RPG by Carlos Hentges on 11/02/2009

Dona-de-casa de 45 anos foi morta a golpes de marreta na cabeça enquanto dormia em sua casa em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira. O marido, principal suspeito do crime, teria tentado se matar depois de assassinar a mulher na frente dos seis filhos que moravam com o casal.

Para ler a notícia completa, acesse o Terra.

Hunter: The Vigil – A Grande Conjuração

Posted in RPG, World of Darkness by Carlos Hentges on 10/02/2009

Hunter: The Vigil – Um Sombrio Dito Notável

Capítulo 03 – A Grande Conjuração

His orders in your mouth
A decree for domination
Beneath the tides of wisdom
Spins the undertow of hate

Injected seeds of vengeance
Usurper’s eyes on the powerless
Clean path to his kingdom
Beckoning in the mist

The Grand Conjuration

Opeth – Ghost Reveries – The Grand Conjuration

18/12/2008

Cena 01 – Introdução

Karl Krueger se demora alguns minutos ao fim do funeral de Javier Webster. Entre os últimos a sair estão Jerry Detwiller e um estranho que, durante a conversa, apresentou-se por meio do distintivo policial. O diálogo travado irritou profundamente o chefe do Departamento de Psicologia – o seu desconforto ao deixar a Capela Rockfeller era palpável.

(more…)