The Truth's For Sale

Castelo Falkenstein III – O Conde de Vandôme

Posted in Castelo Falkenstein, RPG by Carlos Hentges on 07/10/2008

Não resta dúvida de que Armand, Conde de Vandôme, é um homem alquebrado. Mesmo nos trajes elegantes com os quais recebe os Srs. Crumb e Lector, em seus aposentos no Hotel de Paris, são evidentes as marcas na alma e na carne.

Com o braço esquerdo apoiado por uma tipóia e o rosto marcado por escoriações, o ancião destila tristeza e desamparo. No anseio por receber uma pista sobre o desaparecimento de sua única filha, Jaqueline, fora tomado pela imprudência.

O conde explica que recebera, dias atrás, o primeiro sinal de esperança desde que Jaqueline se fora, há um mês. Uma carta enviada por um certo Ahmed Hamil relatava o encontro com uma caravana de escravos nos arredores de Heliópolis. Entre os cativos, estaria uma jovem européia de feições semelhantes às de Jaqueline. Hamil, como toda a Cidade do Cairo, conhecia a aflição por que passava o nobre francês. Tanto que se prontificou a intermediar a negociação com os pérfidos escravistas, poupando o Conde de ter de se associar com aqueles que colocaram Jaqueline sob os grilhões.

Houve, porém, um inesperado infortúnio.

Quando se dirigia ao encontro de Ahmed Hamil, no Bazar Central, o Conde de Vandôme foi atacado por uma súcia de malfeitores, roubado, agredido e abandonado para morrer, tendo sido salvo apenas graças à intervenção de algumas nobres almas que o encontraram a sangrar em um dos becos imundos da região.

Desde então, as coisas apenas pioraram. A polícia da Cidade do Cairo, que já havia encerrado o caso – tratando o assunto como a fuga resultante de um namorico entre Jaqueline e seu pajem, Emil -, agora se comportava com evidente má-vontade diante dos pedidos do Conde. Por isso, ele recorreu à Embaixada Francesa, que acabou por indicar os diligentes Srs. Lector e Crumb.

Os visitantes não deixam de se compadecer da triste figura do Conde, e concordam e auxiliá-lo. Sem dúvida motivados pela simples nobreza do ato, sublime sentimento certamente dilatado pelo aceno com favores políticos e títulos de nobreza.

Seguros pelo Conde de que a hipótese de que Jaqueline tenha fugido com Emil não tem o mais remoto fundamento, os Srs. Crumb e Lector solicitam a carta enviada por Ahmed Hamil e uma foto da jovem extraviada.

Concordando e manter o Conde diariamente informado dos progressos da investigação, nossos intrépidos cavalheiros partem às ruas da Cidade do Cairo.

Anfitrião: Carlos Hentges
Personagens Dramáticos:
Sr. Hannibal Lector – Brunetto
Sr. Robert Crumb – Luiz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: